Símbolos do Santanópolis

FOTO OFICIAL DO ENCONTRO

FOTO OFICIAL DO ENCONTRO

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

ANTES E DEPOIS DO MERCADO MUNICIPAL

Mercado Municipal - 1945
O Mercado Municipal foi construído e 1942. Foi reformado várias vezes, as três ultimas fotos foram de duas reformas.
Interessante, se compararmos a primeira foto com as seguintes, notamos a diminuição de árvores. 
Mercado Municipal - década de 50
Mercado Municipal - década de 80


Mercado Municipal - década de 90
Mercado Municipal - 2015
Mercado Municipal - 2015



sábado, 27 de fevereiro de 2016

ANIVERSÁRIO DE THEREZA CRISTINA ALMEIDA


Parabéns Thereza,pelo seu aniversário,estaremos juntos em 20 de agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

REPETECO DE POSTAGEM

Equipe de voleibol feminino do Feira Tênis Clube CAMPEÃ BAIANA, derrotando o Clube Baiano de Tênis de Salvador. No início da década de 60. Vou tentar identificar:
Em pé da esquerda para a direita, Armando Menezes (Pinto); Evandro Oliveira; Joselito Amorim; Ederval F. Falcão (Dedé); Roque Aras; Alberto Oliveira (Beto); Francisco Pinto (Pinto); Jurandy Fernandes e Péricles Valadares.
Sentadas: Norma; Marinalva; Ana Aragão e Marita. Sentadas: ? Tânia Franco; Neuza; Sônia; ?
Os nomes em azul são Santanopolitanos.
Fui e sou apaixonado por esportes, participei e ajudei a criar times, campeonatos, construção de ginásios esportivos. Fui jogador de vôlei e basquete, medíocre, e técnico de futebol de salão, vôlei e basquete (este entregador de camisa).
Esta equipe que formei, era muito boa. Antes, na década de 50, todas as equipes jogavam com três levantadoras e três atacantes (cortadoras como eram chamadas). Em 1960 assisti, no Rio de Janeiro, o time da Tchecoslováquia, com só dois levantadores. Apliquei neste time a inovação, com Neuza e Marita sendo levantadoras.
Vendo o Voleibol atual, mentalmente procuro adequar estas jogadoras às funções técnicas da atualidade ex: Ana Aragão seria uma ponteira passadora; Marinalva uma boa meio de rede; Marita seria libero; Norma oposta etc.

Parte desta postagem foi de 29.10.2013, a Rede reviveu e acrescentei comentários.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

PERFIL DO SANTANOPOLITANO ROQUE ARAS

Nasceu em Monte Santo/Ba, no dia 26 de abril de 1932.
Filho de
José Soares Ferreira Aras e D. Maria Ferreira Aras.
Dividiu o seu curso ginasial entre o Colégio D. Bosco, em Petrolina/Pe, Ginásio de Juazeiro e Colégio Santanópolis, em Feira de Santana, (1949). Em 1950, completou o curso Clássico no Colégio da Bahia, em Salvador.
Bacharelou-se em Ciências Juridicas e Sociais, na Faculdade Católica de Direito do Salvador, sendo aluno dos eminentes mestres: Ministros Aliomar Baleeiro e Amarílio Benjamin, Prof. Calmon de Passos, Manoel Ribeiro, Dorival
Passos, Passos Porto, etc.
Em 1952, foi diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia e o organizador da primeira greve do setor.
Iniciou sua lida profissional em advocacia em Feira de Santana, em 1962, encarregando-se de todas as causas de assistência judiciária, quando nessa época não havia Defensoria Pública.
Com a instalação da Justiça do Trabalho em Feira de Santana, em agosto de 1963, foi nomeado Juiz do Trabalho.
Iniciou sua vida política no antigo PDS (Partido Socialista Brasileiro), liderado por João Mangabeira, sendo candidato a deputado estadual em 1962, ficando na suplência. No início de 1963, foi convidado para integrar o governo de Chico Pinto, como Secretário de Governo, onde permaneceu por alguns meses.
Foi um dos fundadores do MDB, em 1965, com Eduardo Fróes da Motta, Francisco Pinto, Oscar Marques, José Falcão, Colbert Martins, Theódulo Carvalho, Antonio Manoel de Araújo e outros.
Em 1969, assumiu a presidência do Bahia de Feira, mudando seu nome para Feira Esporte Clube, formando uma das equipes mais poderosas do campeonato baiano.
Convidado a suprir vaga na chapa de vereadores do MDB, conseguiu a proeza, em 1970, de ter uma das maiores votações, fazendo uma campanha que durou apenas quinze dias. Assumiu a
presidência do MDB municipal em 1970.
Como vereador, foi o primeiro político feirense a desbravar o interior do município, antes comandado exclusivamente pelos coronéis de cada vila, sem nenhuma penetração da oposição. Percorria vilas e fazendas e em programa semanal da Rádio Sociedade, defendia os interesses de cada interiorano, encaminhando seus pleitos ao prefeito para o seu atendimento, enquanto tinha estafante trabalho parlamentar.
Foi pioneiro no Brasil de um projeto de lei defendendo o meio ambiente, ao propor, em 1971, a criação do Conselho Municipal de Preservação da Natureza. Como vereador sua luta teve ênfase no combate às doações ilegais de terras públicas, feitas por prefeitos, alcançando áreas verdes e áreas institucionais do Município e até ocupação ilegal de praças e jardins, incentivadas pela Prefeitura, deixando a cidade com um das menores áreas verdes urbanas e institucionais do mundo, além de perder glebas onde deveriam ser edificadas escolas, creches, bibliotecas, parques, etc.
Em 1974, elegeu-se deputado estadual e assumiu a presidência do MDB da Bahia. Promoveu a interiorização da oposição em todo o Estado, expandindo os 60 diretórios do MDB para atingir todos os municípios da Bahia. Foi um oposicionista ferrenho do governo de Roberto Santos.
Em 1978, elegeu-se deputado federal e continuou sua luta contra a ditadura e o “carlismo”. Foi o deputado baiano que mais apresentou projetos de lei e fez discursos na Câmara Federal, destacando o seu pronunciamento contra o Tribunal de Contas da União (TCU), por acobertar desmandos da ditadura. Dentre os seus projetos, destacaram-se os que transferiam para a Polícia Federal os crimes de mando, evitando interferências políticas na sua apuração
que não foi aprovado por motivos até então óbvios e o que obrigava o INSS a se utilizar dos correios para o pagamento de beneficios a aposentados.
Publicou, entre outras obras parlamentares, os livros:
“Estado de Direito” e “Ditadura de Fato”, no qual denunciava a violência do regime e a hipocrisia do sistema.
Em 1982, com a dissolução do MDB, foi candidato a reeleição pelo PMDB, não se reelegendo, embora tivesse quase o dobro de votos da eleição anterior. Com entrada de políticos do PP (antiga Arena), se afastou do PMDB, quando foi ali instalada a política das malas de dinheiro.
Em 1983, voltou à advocacia e se desligou do PMDB pela sua descaracterização ideológica. Convidado, aceitou em 1986 ser candidato a uma vaga do Senado, pelo PT, pois o partido objetivava eleger um deputado estadual que, até aquele ano, não o possuía na Bahia. O PT elegeu, então, o seu primeiro deputado estadual.
Retorna à advocacia, continuando na Justiça a luta em defesa das áreas verdes e institucionais do Município, invadidas pelo Planolar, formado com objetivos políticos. Na Justiça, ainda conseguiu liberar uma praça entre os conjuntos José Falcão da Silva e Centenário e outra no conjunto ACM (Feira V).
Em 1993, convidado pelo prefeito João Durval, assumiu a procuradoria-geral do Município de Feira, estruturando a defensoria pública municipal e impondo ao órgão critérios de eficiência, moralidade e legalidade.
Em 1995, tomou posse, por concurso, em cargo da advocacia-geral da União, ali permanecendo até 2001.
Em 2004, assumiu a Secretaria-Geral da Ordem dos Advogados do Brasil.
Voltando a advocacia, retornou à Feira de Santana, onde abriu um escritório.

No dia 18 de setembro de 2005, Dia da Cidade, recebeu a Medalha do Mérito, na classe de Oficiais, na área jurídica.

ANIVERSÁRIO DE MARIAMÉLIA DÓREA SENA




Ontem, dia 24 de fevereiro, completou mais um ano de existência a Santanopolitana, Mariamélia, por falha nossa deixamos de registrar na data correta. Mas vale o registro, parabéns e em 20 de agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

ANTES E DEPOIS MARCI ANGÉLICA JESUS

Marci antes estudante da turma do Curso Pedagógico, em 1977 e à direita no "III ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS", em agosto de 2012.

ANIVERSÁRIO DE EMANOEL BRITO PORTUGAL (NOEL)


Parabéns pelos oitentão, em 20 de agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

ANIVERSARIANTES DE HOJE


Cid

Godozinho
Parabéns Cid Daltro e Godofredo Navarro da Silva Filho, pelos aniversários, esperamos encontrá-los em 20 de agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

LAMENTO DO VELHO CHICO

Ismael S. Bastos
Sigo triste solitário
Ninguém é solidário
Tenho leito assoreado
Por sujeira massacrado

Forneço luz, irrigo terra
Corto vale, contorno serra
Viaja barco a motor e a vela
A beleza em cada curva revela

Mato a sede e sacio muita fome
Quem viaja sem parar não dorme
Pouca gente me dá carinho ou afaga
Muita gente em mim sua mágoa afoga

Tenho leito, mas nele não me deito
Tentam me barrar, mas, eu não aceito
Inventaram esta impossível transposição
Eu não tenho volume d’água para isso não

Estão querendo impedir que eu seja corrente Rio
Com tantas malvadezas eu vou acabar ficando Vazio
As minhas forças estão no fim, quase não chego ao Mar!
Jamais fiz mal a senhor ninguém, porquê querem me Matar?

ANIVERSÁRIO DE MARGARIDA JESUS VALVERDE (MARGOT)

 Parabéns Margot pelo seu aniversário, você está no coração de todos os Santanopolitanos, em 20 de agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

ENFIM O TERRENO PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA (UFRB)

A cinco anos batalhamos, juntamente com o "INSTITUTO PENSAR FEIRA" para conseguir um terreno destinado à construção do Campus de Feira de Santana.
Entendendo ser um equipamento mais importante que asfaltamento de ruas, ou prédios públicos, sempre achamos que os governos não envidaram os devidos esforços pela dimensão da obra.
Fomos a campo, recebemos os Reitores, anterior e atual, com sua equipe de técnicos e depois de vários movimentos em busca de doação do terreno conseguimos convencer a cinco proponentes, sendo que só três efetivaram a oferta oficialmente. Na primeira licitação compareceu os irmãos Elmano e Sérgio Portugal, mas não houve aceitação por parte da UFRB. O argumento que soubemos em off: a impossibilidade financeira do Governo Estadual para cumprir o convênio no tocante a infraestrutura ao local.
Não desistimos e encontramos mais quatro com intenções de doar, João Durval Carneiro, Osmar Torres, Ângelo Calmon de Sá e Hildebrando da Silva Pinho (Sidel). Mas só os dois últimos oficializaram a oferta, Ângelo e Hildebrando, sendo vencido pelo segundo, como explícita a nota abaixo da UFRB.

Sem dúvida uma grande vitória para o INSTITUTO PENSAR FEIRA.
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Comissão Especial de Licitação, divulga comunicado sobre o Chamamento Público que visa à seleção de um imóvel destinado à instalação do campusuniversitário da UFRB no município de Feira de Santana.
O documento comunica a ganhadora do Chamamento, a proposta N° 02 do proponente Hildebrando da Silva (Fazenda Monte Castelo). Também revela o período para interposição de recursos dos participantes, de 16 a 22 de fevereiro.
Mais informações: Chamamento Público.

ANIVERSÁRIO DE SINVAL GALEÃO DOS SANTOS


Parabéns Sinval, vamos nos encontrar em 20 de agosto deste ano no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

MORRE O ESCRITOR UMBERTO ECO AOS 84 ANOS

"Redes sociais deram voz a legião de imbecis"; 
2

ANIVERSÁRIO DE ELICE PASSOS DA COSTA (LIA)


Parabéns Lia pelo seu aniversário, você está no coração de todos os Santanopolitanos, agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

ANIVERSÁRIOS DE ONTEM


Helder
 Ontem, 19.02, aniversariaram os Santanopolitanos: Helder Loyola Guimarães Alencar e Jean Parente Gusmão, não consegui postar na data certa mas vale o registro, parabenizando-os. Em agosto deste ano estaremos no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.
Jean

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Ó PAÍ Ó, OIÁ PAPOU

Evandro J.S. Oliveira
A sonoridade do título em “baianês”, nos remete ao belo desfile da Mangueira no carnaval Carioca deste ano. Betânia entrevistada pela televisão, creditou a vitória da Escola à divindade da religião afro-brasileira OIÁ.
Crenças à parte, o desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro é de uma grandiosidade e beleza única no mundo. Cerca de uma centena de milhar de pessoas se envolve na construção do evento, direta e indiretamente, durante um ano para promover um espetáculo quase perfeito. Festa democrática, laica, reúne indivíduos de várias matizes raciais, políticas, intelectuais, técnicas, enfim como citou o escritor sociólogo Domenico De Masi, o desfile das Escolas de Samba do Brasil, é um exemplo da criatividade coletiva.
Se antes havia pecados de interpretação históricas e sociológicas no contexto dos enredos e nas descrições poética dos sambas, ao ponto de jocosamente o grande humorista, compositor e escritor, Stanislau Ponte Preta (Sérgio Porto), criar “O Samba do Crioulo Doido”, misturando personagem históricas em tempos diferentes, atualmente não é assim. Tem pesquisa,  é muito profissionalismo, sem interferir nas raízes dos ritmos e dos sambistas.
Pode-se achar cansativo, repetitivo, com certa razão, é um espetáculo de 24 horas, com um intervalo de 12 horas, também não existe no mundo nada com esta duração.
E o principal, não existe participação de Governos na criatividade, talvez por isto mesmo é que funcione admiravelmente.

Esperamos que a abertura das Olimpíadas, não seja entregue a estrangeiros, como aconteceu na abertura da Copa do Mundo, quando rivalizou com o 7x1 no quesito RIDÍCULO, proporcionado por nossa seleção.

ANIVERSÁRIO DE GERALDA ALMEIDA SAMPAIO DE QUEIROZ


Parabéns Geralda, saúde e grandes expectativas para o "V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS, em agosto deste ano.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

ANIVERSARIANTES DESTA DATA


 Este trio comemora data natalícia no mesmo dia, hoje, parabéns Adroaldo de Oliveira Dórea, Zilma Maria Moreira Miranda e Celeste Pires. Esperamos todos em agosto deste ano no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

Zilma

Celeste

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

DESFILE DA BANDA MARCIAL DO COLÉGIO SANTANÓPOLIS

Desfile da Banda do Colégio Santanópolis
Estádio Municipal de Feira de Santana
1966

ANUNCIAÇÃO SANTIAGO

 Anunciação foi aluna e funcionária do Santanópolis. Parabéns pela data de hoje, nos veremos em agosto deste ano no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

O FAMOSO ZABUMBA!

Ismael S. Bastos
Feira é uma cidade folclórica
Tem cá muitas figuras históricas
Habitava aqui um exímio imitador
Fazia troça do pobre ao nobre senhor

Preferia imitar o político e o padre
Não esquecendo de caricaturar o pobre
Fazia tudo de uma forma bem espontânea
Com não tinha nada escrito fazia miscelânea

Em grande comício na Praça da Bandeira
Políticos mais influentes vieram para Feira
ACM no evento estava, de repente um Pum
Todo mundo coça o nariz foi um Zum Zum Zum

ACM sempre autoritário chama a segurança
Determina que o mal educado seja dali retirado
Sem saber o que fazer seu olhar sobre o povo lança
Chega perto do suspeito e o acusa, o cabra reage irado

Como sabe que fui eu? o palanque está cheio deu o Tumba
Desce, não desce, foi a maior confusão, se formou a Quizumba
Acusado de dar o pum, grita: aqui no palanque todo mundo tem bunda
Silêncio total! Todo mundo peida e tem bunda, porquê acusam a Zabumba?

Inspirado na narrativa de Adilson Simas.

Publicada em seu prestigiado Blog Por simas!

ANIVERSÁRIO DE ROSE MARY JESUS SAMPAIO


Parabéns Rose pelo seu aniversário,estamos esperando em agosto deste ano sua presença no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

ANIVERSARIANTES DE HOJE


 Alberto Magalhães Pimentel e Soleide Souza Oliveira Amaral, são os dois Santanopolitanos que estaõ comemorando data de nascimento, parabéns, até agosto deste ano no V ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS.

Filme do Santanopolis dos anos 60