Símbolos do Santanópolis

FOTO OFICIAL DO ENCONTRO

FOTO OFICIAL DO ENCONTRO

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

QUADRA POLIESPORTIVA DO COLÉGIO SANTANÓPOLIS

Quadra poliesportiva do Colégio Santanópolis,  o primeiro ginásio coberto do Estado da Bahia, 1943. Além de abrigar disputas de voleibol, basquete, de Educação Física, era também utilizada como local de eventos festivos.Vista interna. neste Blog já tínhamos postado fotos da parte externa.

sábado, 29 de agosto de 2015

PRIMEIRA LINHA DE MARINETES (ÔNIBUS) DE FEIRA DE SANTANA

Foto: acervo ASEFS
As primeiras “Marinetes”, ônibus como eram chamados na época. Faziam a linha Feira-Salvador. O proprietário era o Sr. Isaltino, ele deve ser uma das pessoas, juntamente com os motoristas, que está em cima dos veículos. Vemos no segundo plano  A Cerqueira, até hoje a maior casa de comércio direcionada para material de construção. Não reconheci nenhum dos fotografados.

ANIVERSARIANTES DE HOJE

Zé Coió
Alexandrino
 Aos dois Santaopolitanos que comemoram a data natalícia hoje,José Carlos Pedreira (Zé Coió) e José Alexandrino Souza nossos parabéns. Vida longa com saúde.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

ENEM E AS REDAÇÕES

Evandro J. S. Oliveira
Em 1972 houve grande reforma no ensino do Brasil (lei 5692, Diretrizes e Base da Educação), como sempre acontece cerca de 50% houve efetivação entre o disposto em lei e a prática dos educadores. Já tivemos nova reforma e a não concretização das intenções preconizadas na reforma anterior continua sem solução. Vamos reduzir o assunto desta matéria à disciplina de COMUNICAÇÃO, pela polemica criada com o baixo rendimento escolar, comprovado pelo ENEM, dos candidatos aos exames de redação. Este escrito não tem a intenção de trazer fórmulas prontas, e sim meter a colher para os Doutos repensarem sobre o assunto.
O objetivo da 5692 foi reconhecer a base da educação na fase do desenvolvimento da criança, unindo o antigo Cursos Primário e Ginásio em CURSO FUNDAMENTAL. Priorizou o raciocínio em detrimento da memória. No que tange à linguagem, transformou a disciplina Português em COMUNICAÇÃO, tendo indícios sérios da evolução tecnológica.
 Lembro de uma piada contada por um professor, não lembro o nome, mostrando a necessidade da comunicação por telegrama: O chefe do setor de compras de enorme importadora do Rio de Janeiro ordenou a um estagiário do escritório que passasse um telegrama pedindo uma remessa de Macacos, a uma firma da Inglaterra, podia ser em português eles entendiam. O estagiário prontamente fez a redação aprendida na escola: Nossa firma há muito tempo sendo cliente desta conceituada Empresa, precisa urgentemente que mande uma dúzia por mês, num total de uma grosa (12 dúzias), de macacos em perfeita condições de saúde, para podermos atender a demanda crescente na região etc...etc.
Passado um certo tempo o chefe chamou o estagiário e comentou, você teve dois erros fundamentais neste telegrama: primeiro os macacos não eram animais e sim um equipamento de suspender veículo; segundo telegrama é pago por palavra, tem que escrever só o essencial. Vou escrever um telegrama para você remeter e aprender: Não mande mais macacos. O estagiário leu e pensou, se tem que economizar vou cortar a palavra NÃO. Como óbvio a enxurrada de macacos, revoltou o chefe, questionando o subalterno, como é que você retira a principal palavra do texto que lhe dei, NÂO? Vou redigir outro para que remeta. Suspenda envio de macacos. O estagiário, ele deve ter esquecido a palavra fundamental e corrigiu: NÃO SUSPENDA ENVIU DE MACACOS.
Esta piada é um pequeno exemplo da comunicação, podemos citar dezenas. Não conheço nenhuma pesquisa sobre a quantidade de comunicação entre a redação clássica e as informatizadas SMS, WhatsApp, e-mail e tantos outros, hoje usados pelos jovens.
Em conversa com o Santanopolitano, Hugo Navarro da Silva, falecido recentemente, editor do Jornal Folha do Norte, o mais antigo do Estado da Bahia, questionei sobre o impacto que as publicações impressas teriam com o advento da informática, com sua verve respondeu: Os jornais impressos tendem deixar de priorizar as notícias pela falta de agilidade, objetivando matérias de comentários sobre os eventos noticiados pelas outras mídias. Atualmente o rádio, a informática e a televisão são muito mais rápidos que a mídia impressa. A evolução dos meios de comunicação é tão rápido que um dia vão noticiar antes do fato acontecer... kkkk.
Não estamos pretendendo que os educadores deixem de ensinar textos e a língua pátria correta, mas tem que encarar a modernidade, principalmente na educação fundamental, sempre ressaltando o raciocínio.

Respeitando o raciocínio acima, estou sendo prolixo para um BLOG.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PERFIL DE ALMIR MIRANDA FERNANDES

Nascimento: 27 de Agosto de 1943, Baixa Grande-BA
Filiação: Antonio Saback Fernandes e Abigail Miranda Fernandes
Cônjuge: Lícia Martins Fernandes
Filhos: Andréa, Delorme Antonio, Almir e João Victor

Formação Educacional

Formou-se Técnico em Contabilidade no Colégio Santanópolis, Feira de Santana-BA. Participou do Seminário Baiano de Cooperativismo-OCEB, Workshop de Economia da Empresa, com ênfase em Desenvolvimento-UCSAL, atualização em Pecuária Leiteira, Tetra Park-CCLB.

Atividade Profissional

Presidente da Cooperativa Mista Agropecuária-COOMAI, Ipirá-BA, 1982 e 1986-1990; presidente da Organização das Cooperativas da Bahia-OCEB, 1984-1986; secretário da Cooperativa Central de Laticínios da Bahia, 1986-1989; vice-presidente da Associação de Orientação as Cooperativas do Nordeste-ASSOSENE, Recife-PE; membro da Associação das Cooperativas Brasileiras-OCB/DF; delegado federal do Ministério da Agricultura do Estado da Bahia; coordenador da Frente Parlamentar Cooperativista, assessor da Secretaria da Agricultura do Estado da Bahia; presidente da Comissão Estadual de Projeto Novas Fronteiras do Cooperativismo-PNFC; presidente da Coordenação das Farmácias, BAHIA; titular da Comissão do Fenacom-Sudene, BA. Presidente da Cooperativa Central de Laticínios da Bahia-CCLB; fundador e presidente da Rádio Caboranga de Ipirá LTDA, 1987; vice-presidente da Organização das Cooperativas do Estado da Bahia-OCEB.

Mandato Eletivo

Eleito deputado estadual pelo Partido Democrático Social-PDS, 1983-1987.

Filiação Partidária

PDS;

Atividade Parlamentar

Na Assembléia Legislativa, vice-presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural (1985); titular das Comissões: Finanças e Orçamentos (1984-1985), Agricultura e Política Rural (1986), Desenvolvimento Econômico, Social e Urbano (1984), Minas, Energia, Ciência e Tecnologia (1986); suplente das Comissões: Desenvolvimento Econômico, Social e Urbano (1983), Minas, Energia, Ciência e Tecnologia (1985), Desenvolvimento Econômico e Turismo (1985).

Condecorações

Medalha de Honra ao Mérito da Sociedade Cultural e Esportiva, Feira de Santana; Título de Cidadão dos municípios: Feira de Santana e Ipirá. Moção e votos de congratulações, conferidas pela Câmara Municipal, Feira de Santana e Salvador, 1988.

domingo, 16 de agosto de 2015

PERFIL DO SANTANOPOLITANO NILTON BELAS VIEIRA

Nasceu em Feira de Santana, no dia 08 de janeiro de 1945.
Filho de Nestor Vieira de Barros e Semita Belias Vieira.
Fez o curso primário com a Prof’. Cibele Almeida, o ginasial e científico, no Colégio Estadual e Contabilidade no Colégio Santanópolis. Cursou Direito pela UCSAL e Filosofia pela Faculdade de Filosofia da UFBA.
É casado com a Profª. Rosana Mary Pérsico Vieira. Tem os filhos: Natally, Priscila, Kamila Vanessa e André Wilson Pérsico Vieira.
Atuou por longo tempo como advogado do BANEB e INSS, como Procurador Autárquico do Estado da Bahia, lotado na UEFS, onde se aposentou.
Foi professor de História Econômica e Administrativa do Brasil, no Colégio Estadual, História da Educação e dos Meios de Comunicação no Colégio São Francisco de Assis.
Como político,  foi vereador por três legislaturas (1973 a 1983). Foi Oficial de Gabinete do Prefeito Francisco Pinto, em 1963, Secretário de Educação do município, no governo de Dr. Colbert Martins da Silva. Foi candidato a Vice-prefeito, nos idos de 1982.
Exerceu ainda a função de Juiz Conciliador do Juizado Especial Criminal, aposentando-se como Procurador Autárquico do Estado da Bahia, lotado na UEFS.
Na atividade cultural foi membro fUndador da SCAFS (Sociedade Cultural e Artística de Feira de Santana), atuando no Teatro, diretor do Grêmio Arlindo Barbosa da Silva e da ABES e da AFES. Esteve também participando na área desportista, sendo campeão de tênis, aos 13 anos de idade. Teve incursões no rádio, nos anos 60 como radialista, na Rádio Cultura, no Programa “Encontro com os Brotos”, aos sábados, das 18:00 às l9:OOh. Amou como jornalista (repórter) dos jornais “Gazeta do Povo” e “Vanguarda”. É contista, com trabalhos publicados nos jornais que circulam na cidade. Publicou os livros: “Epopéias”, em junho de 2003, “Perspicácias” e “Mutações da Alma” (2006).
E patrono de uma Escola Municipal, situada no Parque Getúlio Vargas.
Recebeu as Comendas: Ver. Dival Figueredo Machado, no dia 1° de outubro de 2004 e a Comenda Godofredo Filho, no dia 29 dc abril dc 2004, pela Câmara de Vereadores de Feira dc Santana.
E membro fundador e presidentc do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana, tendo tomado posse no dia 18 de março de 2004, no Plenário da Câmara de Vereadores. 

ANIVERSARIANTES DE DESTA DATA


Ari
Enock
 Ari da Silva Bastos e Enock Rodrigues de Oliveira, são os aniversaroantes de hoje. Parabéns.



sábado, 15 de agosto de 2015

OS ASTRÓLOGOS E O CANDOMBLÉ 4

Leão —  22/07 a 22/08
Ogum e Orumilá - 01 a 31/07
Nanã e Ewá - 01 a 31/08 

Para quem acredita em astrologia, não é o meu caso, a analogia entre os astrólogos e zeladores de santo do candomblé.


Os leoninos são pessoas muito vivas, criativas e expressivas, imprimindo uma marca pessoal em tudo o que fazem, têm muita personalidade e adoram elogios. São líderes generosos e facilmente conseguem potencializar a atenção dos outros. Mostram-se influenciados por Ogum, de quem extraem a generosidade e parte da tendência a liderar; por Orumilá, de quem adquirem a segurança que o segredo (alma do candomblé) proporciona e por Ewá (Euá), senhora dos cemitérios e dos algures, de quem vem a força para não temer a morte.
Mas a vinculação maior se dá com Nanã, senhora da vida, zeladora pela continuidade da existência da espécie humana. Assim, construídos por essa determinação “os filhos de Nanã agem com muita calma, gentileza e bondade. São lentos no
cumprimento de suas funções e parecem conscientes de ter a eternidade para concluir aquilo que começam” (FONSECA JUNIOR, 1995, p. 119).
Esse envolvimento existencial, esse vínculo com a consciência da perenização os tornam “majestosos e seguros, causam terror em quem tente enganá-los. Com decisões pertinentes e coerentes, estão sempre no caminho da justiça, e têm na paciência uma das suas principais virtudes” (FONSECA JUNIOR, 1995, p. 119).
Os leoninos, dado às características que recebem do arquétipo de Nanã, conscientes do esforço que fazem pelo outro e imprimindo, em quase tudo que deixam de marca e lembrança, um grau bastante elevado de generosidade, esperam, sempre, ser reconhecidos por seus méritos e virtudes, daí não conseguirem esconder a satisfação que sentem quando são elogiados. Além disso, o poder que possuem em potencializar a atenção de outras pessoas, inclusive a do seu próprio signo, faz, da espera do reconhecimento, uma pedra angular de existência.
Fonte: Senna, Ronaldo, "Feira dos Encantados" pg. 91/92
 Editora da UEFS.
O professor, doutor, Ronaldo de Salles Senna é Antropólogo, marca sua trajetória na Universidade Estadual de Feira de Santana pelos estudos qualitativos sobre religiosidade popular.

ANIVERSÁRIO DE MARIA GICÉLIA FALCÃO XAVIER FILHA


Parabéns Gicélia, hoje é dia de comemorações com toda a família, felicidades.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

CASA DA LOUÇA

Foto: acervo da ACEFS
“CASA DA LOUÇA” no fim da década de 40, quando conheci, não era chamada de “HERMÓGENES SANTANA”, como está na foto. Hermógenes era o dono da excelente casa de comércio, na esquina da Praça da Bandeira com a Rua Conselheiro Franco. Seu Hermógenes era um pré-marqueteiro, criava promoções muito interessantes na loja, lembro de algumas: colocou milhares de bolinhas de gude em um enorme vaso de vidro na vitrine com os seguintes dizeres “quem mais se aproximar à quantidades de bolas do vaso ganha uma bicicleta”; de outra vez apareceu uma enorme vela que você teria de calcular quantos dias, horas e minutas a vela deveria durar queimando. Lógico que os candidatos teriam que comprar uma mercadoria e recebia um cupom para resposta. Quando minha mãe mandava eu comprar algum eu iria lá na “CASA DA LOUÇA”.

Lembrando de promoções conto um caso interessante de outra casa de comércio. A “Lifeboy” (não sei se escreve assim), fez uma promoção: quem usasse o sabonete desta marca, dentro poderia achar uma chave para ganhar um carro. Um colega da época, muito vivo, me orientou não comprar no Armazém X (omito o nome), pois os filhos ficavam à noite abrindo as caixas dos sabonetes e com alfinetes furavam para ver se dentro tinha a tal chave. Comprei um  “Lifeboy” e realmente tinha um furinho.

ANIVERSÁRIO DE JOSÉ OLÍMPIO MASCARENHAS


Zé, hoje é dia de festa no apê. Parabéns aniversariante.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

ECOS DO "IV ENCONTRO DOS SANTANOPOLITANOS"

 A ótima Banda Caras&Corôas que abrilhantou o encontro.







ANIVERSARIANTES DE HOJE


Jailde
Ao quarteto de Santanopolitanos aniversariantes de hoje: Jailde Araújo Rodrigues, Verena Portugal Vieira, Carlos de Marcos Neto Filho e Elizete da Silva Mendes.nossos parabéns.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

HOJE É UM DIA MUITO LIGADO AOS SANTANOPOLITANOS


BANDA MARCIAL DO SANTANÓPOLIS

A Banda do Colégio Santanópolis na abertura dos Jogos Abertos do Interior. Quando criei os Jogos Abertos do Interior, convidei inicialmente seis Santanopolitanos amigos para a empreitada: Armando Menezes (Pinto), Oyama Pinto, Capitão Arlindo Barbosa, Ilo Brasileiro, Geraldo Valter e Dorival Oliveira (este não era Santanopolitano), todos infelizmente já faleceram. Interessante como este grupo inicial arregimentaram outros, fazendo parte da organização, depois de quatro eventos me afastei e outros assumiram como Dázio Brasileiro e João Marinho Gomes.

ANIVERSARIANTES DESTA DATA


Os Santanopolitanos que comemoram esta data, Valter Vieira e Maria do Carmo Borges Pereira (Zenaide), nossos parabéns.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

AVENIDA SENHOR DOS PASSOS


Fonte: ACEFS

A primeira imagem é mais antiga, ainda não tinha as árvores do canteiro central. A foto foi tirada do princípio da praça em direção do Parque Bernardino Bahia.
A segunda foto já existia as árvores do canteiro central, ainda estão pequenas. No primeiro plano, à esquerda vemos a Prefeitura e junto o Internato do Ginásio Santanópolis. Esta foto foi tirada da praça, invertendo a direção para o início da Av. Senhor dos Passos.  

ANIVERSARIANTES DESTA DATA

 Aniversariam hoje os Santanopolitanos, Antonio Edson de Oliveira Freitas e Wilma Barbosa Portugal. Parabéns dobrado.


domingo, 9 de agosto de 2015

AOS PAIS SANTANOPOLITANOS

 Para voltar no tempo. Com certeza os Santanopolitanos são pais da época deste excelente presente.

ANIVERSARIANTES DE HOJE



Parabéns, Herenaldo Gomes e Iêda Alves Lima pelos aniversários.

NOTA DO ADMINISTRADOR DO BLOG

Desculpe pessoal, força maior interrompeu as postagens diárias por longo período.
Esperamos interrupções menores.
                                                                                          
Abrs
Evandro José Sampaio de Oliveira

(75) 3623.0201 (75) 9973.2561 

Filme do Santanopolis dos anos 60